terça-feira, 31 de março de 2009

Negativa, Positiva e Negativa

.
É tempo de avaliação.
.
Negativa

Quer dizer: é tempo de preenchimento de um sem número de formulários onde a vida dos alunos/professores é tratada às fatias: fichas biográficas, fichas das aulas de apoio, planos de recuperação, fichas da tutoria, ficha das actividades de substituição, fichas das estratégias, projectos curriculares de turma, ... tirando actas e pautas, TUDO EM PAPEL!


Positiva

Razão tem a Teresa: atitude ecológica precisa-se! Assim como de «um plano tecnológico... tipo assim... à séria».
.

Negativa
.
É tempo de limpar os "cadastros tóxicos" das faltas dos alunos, depois de implementadas as medidas de recuperação. Assim o preconiza o Novo Estatuto do Aluno.

Logo, não admira que no sítios do ME e da sua filial, a Confap, se leia:

Alunos faltam muito menos

O número de faltas, justificadas e injustificadas, dos alunos do 3.º ciclo do ensino básico, correspondente aos 7.º, 8.º e 9.º anos, e do ensino secundário baixou de forma acentuada no primeiro período deste ano lectivo em termos homólogos, isto é, quando comparado com o mesmo período do ano lectivo anterior, revela um inquérito conduzido pelo Ministério da Educação sobre a aplicação do Estatuto do Aluno.

.
Ler mais no Umbigo e aqui.


É urgente denunciar esta farsa, aqui, ali e, sobretudo, em sede própria.


Se mais uma vez nos calarmos já se está a ver o que eles fazem com os números.



5 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Ouvi a notícia e comentei cá em casa "Lá estão eles com os malabarismos!"

bugsnaEDucação disse...

Eu declarei para as actas: não concordo com o apagamento das faltas. É um princípio de permissividade e convida ao laxismo.

Reverendo Bonifácio disse...

É uma pouca vergonha, é mentir ao país, é mentir aos pais. Cada vez que aqueles filhos da mãe inventam uma é sempre para enganar. Deviam ser apedrejados!!!

3za disse...

Dia das mentiras para quê? Todos os dias são bons...

bugsnaEDucação disse...

Querida Teresa,
Estava agora mesmo na tua casa (que tenho visitado tão à pressa e sem deixar rasto, tu sabes...) para te comunicar a ampliação e comentar o post da viagem.
Como nos descobriste? Bem haja pela visita, pela lucidez do comentário.
Beijinhos
da EMD, agora bugsnaeducação