terça-feira, 24 de março de 2009

Violência nas Escolas

Número de ocorrências registadas nas escolas diminuiu significativamente em 2007/2008

O número de ocorrências registadas por escola diminuiu significativamente em 2007/2008, pelo segundo ano consecutivo, sendo de salientar que, na grande maioria dos estabelecimentos de ensino (90,9 por cento), não se registou qualquer incidente.

Os dados divulgados pelo Programa Escola Segura evidenciam uma redução significativa do número de ocorrências por escola registadas no ano lectivo de 2007/2008, relativamente aos dois anos lectivos anteriores.

Mais agressões nas escolas

O ano lectivo 2007/2008 registou um aumento do número de agressões a alunos (20,6 por cento) e professores (11,3 por cento), tendo-se verificado mais 225 actos de violência sobre os estudantes e mais 21 contra docentes que no ano anterior, totalizando, respectivamente, 1317 e 206 casos. Lisboa (513 casos), Porto (340) e Setúbal (168) são as cidades com maior número de ocorrências registadas pelas forças policiais.
(…)
CASOS QUE DERAM ORIGEM A QUEIXAS ÀS FORÇAS POLICIAIS

2006/2007

808 – PSP
653 – GNR
64 – CPCJ (Comissão Protecção de Crianças e Jovens)

2007/2008

1212 – PSP
778 – GNR
224 - CPCJ

Publicação do Umbigo sob o título Realidades Paralelas


Fora as que se varreram para baixo do tapete,
digo eu!

.

3 comentários:

didium disse...

Pois é!
Há muito boa gente a precisar de óculos bem graduados, ou lupas, digo eu.
:(

Anabela Magalhães disse...

A maioria, digo eu!

Reverendo Bonifácio disse...

Qual lupas!!! precisam é que lhes devolvam o pedaço do cérebro que perderam com a lombotomia que lhes fizeram.