segunda-feira, 1 de junho de 2009

Dia Mundial da Criança



Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Dia Mundial da Criança não é só uma festa onde as crianças ganham presentes.
É um dia em que se pensa nas centenas de crianças que continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações (discriminação significa ser-se posto de lado por ser diferente).
Sabias que o primeiro Dia Mundial da Criança foi em 1950?
Tudo começou logo depois da 2ª Guerra Mundial, em 1945.Muitos países da Europa, do Médio Oriente e a China entraram em crise, ou seja, não tinham boas condições de vida.
As crianças desses países viviam muito mal porque não havia comida e os pais estavam mais preocupados em voltar à sua vida normal do que com a educação dos filhos. Alguns nem pais tinham!
Como não tinham dinheiro, muitos pais tiravam os filhos da escola e punham-nos a trabalhar, às vezes durante muitas horas e a fazer coisas muito duras.
Sabias que mais de metade das crianças da Europa não sabia ler nem escrever? E também viviam em péssimas condições para a sua saúde.
Em 1946, um grupo de países da ONU (Organização das Nações Unidas) começou a tentar resolver o problema. Foi assim que nasceu a UNICEF.Clica aqui para leres sobre esta organização.
Mesmo assim, era difícil trabalhar para as crianças, uma vez que nem todos os países do mundo estavam interessados nos direitos da criança.
Foi então que, em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres propôs às Nações Unidas que se criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo.
Este dia foi comemorado pela primeira vez logo a 1 de Junho desse ano!
Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:
- afecto, amor e compreensão;
- alimentação adequada;
- cuidados médicos;
- educação gratuita;
- protecção contra todas as formas de exploração;
- crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.
Sabias que em só nove anos depois, em 1959 é que estes direitos das crianças passaram para o papel?
A 20 de Novembro desse ano, várias dezenas de países que fazem parte da ONU aprovaram a "Declaração dos Direitos da Criança".Trata-se de uma lista de 10 princípios que, se forem cumpridos em todo o lado, podem fazer com que todas crianças do mundo tenham uma vida digna e feliz.
Claro que os Dia Mundial da Criança foi muito importante para os direitos das crianças, mas mesmo assim nem sempre são cumpridos.
Então, quando a "Declaração" fez 30 anos, em 1989, a ONU também aprovou a "Convenção sobre os Direitos da Criança", que é um documento muito completo (e comprido) com um conjunto de leis para protecção dos mais pequenos (tem 54 artigos!).Clica aqui para os leres. Estão escritos de uma forma mais simples para tu os perceberes melhor.
Esta declaração é tão importante que em 1990 se tornou lei internacional.

http://www.junior.te.pt/servlets/Rua?P=Sabias&ID=201

Nota: Este post é dedicado à minha filha e a todas as crianças do Mundo.
É principalmente por elas e pelo seu futuro que nós lutamos todos os dias!!

8 comentários:

bugsnaEDucação disse...

Aproveito a tua boleia, Star, e dedico-o também ao meu filho, criança em corpo de adolescente.

E já agora a todas as crianças que habitam dentro de nós, pequenos e grandes.

Claudia disse...

Apanhando a mesma boleia dedico-o também aos meus filhos. Um, uma criança de corpo e alma, outro criança pela idade e um homemzinho de corpo e coração.
Como mãe, é por eles que hoje escrevo.
Deixo aqui o meu agradecimento a todos os colegas que fazem crescer os meus filhos, ensinando-lhes o que vem nos livros e o que não vem, agradeço os carinhos, e os ralhetes com que os presenteam.
A todos os colegas desejo forças para continuarem nesta luta.
Bem Hajam

Cláudia Carvalho

Little Star disse...

Obrigada Mãe!!
Um beijinho grande da tua filha, com muito carinho!! Ah,e obrigada por lutares em defesa do meu/nosso futuro!!

bugsnaEDucação disse...

Dia de ternuras. Até a ternurinha cá veio. Volta sempre little Star.

bugsnaEDucação disse...

Belo gesto, Cláudia.
Como professores bem sabemos que somos tantas vezes quase tão pais como os pais. O mesmo acontece com os professores dos nossos filhos.

Luís Silva Rosa disse...

Mas que beleza vai neste firmamento!Brilhem ó estrelas da Serra, brilhem o mais que puderem, que faz falta a vossa luz na noite escura. Iluminem também os mandantes deste mundo e façam-lhes ver que as crianças dos outros continuam à espera que eles cumpram os belos direitos que assinaram. Gostaria que isso acontecesse antes de chegar à segunda infância. Abr. a ambas.

setora disse...

Vim cá de corrida e, à beirinha de ser avó, deixo um abraço.
Voltarei com mais tempo.

TVstar disse...

Obrigada Luís.Aquele abraço!!

SETORA: As maiores felicidades para o novo ser que aí vem. Cá estamos nós para o/a ajudar a crescer neste Mundo linnndo... mas às vezes complicado!! Beijinho e apareça sempre!!