sábado, 29 de maio de 2010

Hoje, na Avenida...

Era onde eu queria estar. Onde devia estar!

Por motivos alheios à minha vontade, e mais fortes do que ela, não pude ir.
Espero que a manifestação de hoje não desmereça as do ano passado. É crucial que tal não aconteça.

Desta vez, as más línguas não poderão dizer que são interesses corporativos porque motivos de descontentamento não nos faltam, infelizmente, a TODOS!

Mais do que nunca me vem à memória o «Tanto mar» de Chico Buarque. Em versão adaptada:

Já murcharam nossa festa, pá
mas, certamente
esqueceram uma semente nalgum canto de jardim...


4 comentários:

TVstar disse...

Excelente escolha Bugs!!
Também eu quero ser uma dessas sementes...acreditando haver muitas espalhadas por aí.
Apesar de não estar lá, na Manif, não desmereço e continuo atenta.
Abraço a todas as "sementes esquecidas" por aí!

Anabela Magalhães disse...

Foi colossal! Eu estive lá! E quem de facto não pôde estar presente, querendo estar, viajou connosco e marchou ao nosso lado pelas ruas da capital!
Beijocas!

bugsnaEDucação disse...

Fiquei em ânsias.
Obrigada Anabela pelas notícias telefónicas.

Quando postei o Chico ainda não sabia da trapalhada do encontro com o Pinóquio. É só mais uma história mal contada.

A flor do cardo disse...

Meu Deus! Esse vídeo fez-me lembrar a alegria vivida no primeiro 1º de Maio. Inesquecível. Vivemos tempos históricos que ninguém, nem nada, nos farão esquecer!
Pena é que estejemos a precisar de uma outra revolução....